VIAGEM | PLANEJAMENTO | CULTURA

Gramado e Canela: passeios imperdíveis na Serra Gaúcha

Gramado e Canela: roteiro de 4 dias na Serra Gaúcha

Você já deve ter ouvido falar da Serra Gaúcha pelo menos uma vez na vida, não é mesmo?!

É onde estão dois dos principais destinos turísticos do nosso Brasilzão! Gramado e Canela. 

Não tem como visitar Gramado e Canela e não ir embora com um gostinho de ‘quero mais’. Essas duas cidades têm tantas atrações que é impossível ver tudo na primeira, segunda e até terceira visita. 

Donas de uma beleza sem igual, a influência europeia na arquitetura dá um arzinho muito especial, fruto das colonizações italiana, alemão e portuguesa, que fundaram as cidades.

Lembra muito as construções alpinas, como, por exemplo, as da cidade de Molveno, em Trentino- Alto Ádige, no norte da Itália.

Quando ir a Gramado e Canela?

A alta temporada é tanto no pico do inverno quanto durante verão, quando ocorre o Natal Luz. Entretanto, dá para visitar Gramado e Canela durante todo o ano, que nunca vai faltar coisas para fazer.

Principais atrações em Gramado e Canela ao longo do ano:

  • Entre janeiro e março – Vindima
  • Março ou abril (dependendo do ano) – Páscoa
  • Entre junho e setembro – Inverno
  • Agosto – Festival de Cinema
  • Entre novembro e janeiro – Natal Luz

O QUE FAZER EM GRAMADO E CANELA?

Passeios gratuitos em Gramado e Canela

Rua torta (Gramado)

Rua Torta

Inspirada na Lombard Street, em São Francisco, Califórnia, a Rua Torta chama atenção pelo seu formato sinuoso. Os canteiros floridos, as árvores e os postes de luz são um charme e tornam a rua um ótimo local para passear e tirar fotos. O desafio é encontrá-la vazia!

Rua coberta (Gramado)

Rua Coberta

O nome já diz muito … É uma das ruas mais famosas de Gramado. Lá você encontra diferentes opções de cafés, lojas e restaurantes. 

O acesso é apenas para pedestres. São 100 metros de passagem com muitas opções para desfrutar da gastronomia local! 

Ao longo do ano, ainda, recebe diferentes intervenções e é palco de diversas atrações, principalmente no Natal Luz, Páscoa e Festivais de Cinema e Gastronomia.

Lago Negro (Gramado)

Calmaria e contemplação o definem.

É um ótimo lugar pra caminhar, correr, fazer piquenique ou só curtir um momento de introspecção. O acesso é livre e gratuito todos os dias o dia inteiro. 

Entre os meses de novembro e março o Lago conta com o colorido das hortênsias, que embelezam ainda mais o local.

Os pedalinhos funcionam das 8:30 às 18:00 e tem duração de 20 min. Os preços podem variar de 20 a 50 reais.

Igreja Matriz São Pedro (Gramado)

A Igreja Matriz São Pedro fica no coração de Gramado. Ela é linda! Toda revestida em pedra e rodeada por canteiros floridos. Ponto de encontro para quem vai passear pelo centro da cidade.

Na praça, logo em frente a Igreja,  tem várias estátuas em homenagem aos 12 apóstolos. Vale a pena sentar nos bancos e apreciar a beleza do local. Os vitrais sacros merecem uma atenção especial.

Fonte do amor eterno (Gramado)

Logo ao lado da Igreja Matriz, localiza-se a Fonte do Amor Eterno, onde os casais prendem seus cadeados e jogam a chave na fonte, selando seu amor para toda a eternidade.

O colorido dos milhares de cadeados deixa ela linda. 

Um cadeado custa em torno de 30 reais nas lojinhas próximas (mesmo valor de 2 chopes na cervejaria que fica logo em frente a fonte, rs).

Praça das etnias (Gramado)

Na Praça das Etnias você vai encontrar três casas que representam os povos que colonizaram Gramado e Canela. Uma com arquitetura italiana, uma alemã e outra portuguesa.

Aqui vai uma super dica: não deixe de passar na Casa do Colono, local onde famílias descendentes dos imigrantes produzem de forma artesanal e vendem produtos da gastronomia local. Se você chegar no horário certo, é possível experimentar cucas e pães recém retirados do forno a lenha, uma delícia.

*Importante* levar dinheiro em espécie. Os valores variam entre 8 e 15 reais a unidade.

Catedral de Pedra (Canela)

Principal destino de Canela, a Igreja Matriz de Nossa Senhora de Lurdes, mais conhecida como Catedral de Pedra, possui 65 metros de altura e 12 sinos, uma imponência e tanto.

Recomendamos visitá-la durante o dia, mas também de noite para curtir o show de luzes.

Agora, também é possível visitar a torre internamente (20 reais) e, dependendo do horário, admirar o pôr do sol com uma vista exclusiva de Canela. Para isso, é preciso subir nada mais, nada menos que 154 degraus. E aí, vai encarar?

Passeios pagos em Gramado e Canela

Mini mundo (Gramado)

Esse parque ao ar livre ganhou meu coração. Não sei se por ser arquiteta e ter noção da dificuldade de fazer uma maquete, mas meus olhos brilharam e minha admiração pela atração cresceu ao longo do passeio.

O Mini Mundo contém réplicas de vários prédios e monumentos de todo canto do mundo, tudo é 24 vezes menor do que a realidade.

Logo na entrada ganhamos um jornal com diversas cenas, todas numeradas, as quais podemos encontrar nos cenários do mini mundo durante todo o percurso . Uma ótima forma de interação e diversão.

Além disso, tem loja, café, banheiros e um espaço kids.

Eu descobri logo depois da viagem que o Mini Mundo é georreferenciado, rs. É só baixar o app que dá para passear pela cidade em miniatura como se estivéssemos no google maps e, ainda, ler curiosidades sobre cada construção do local.

Custo: pagamos 52 reais cada ingresso (varia)

visite o site

Skyglass + Abusado (Canela)

Um pouco de aventura e adrenalina não faz mal a ninguém! Essa atração testa limites. Quem tem medo de altura e quer um momento de superação, salva na lista!

O local tem duas atrações: o mirante de vidro e o Abusado. Nós fomos nas duas.

O mirante é uma passarela em formato de U com piso de vidro em quase toda sua extensão. Confesso que andar em cima do vidro a mais de 350 metros do solo dá um friozinho na barriga, mas temos que acreditar na engenharia e encarar.

Em baixo do mirante passa o Abusado, que nada mais é que um monotrilho com cadeiras suspensas que faz o mesmo percurso que comentei acima.

Abusado - Canela
Abusado

Ficamos com os pezinhos soltos a mais de 350 metros do solo com vista panorâmica do Vale da Ferradura.  A volta leva em torno de 2 minutos e meio (tempo que pode parecer maior para uns que para outros, rs).

A contemplação e experiência são únicas. Aventura garantida. 

Por fim, depois da adrenalina, tem uma praça de alimentação com diferentes opções de comidas e bebidas para relaxar. 

Observação: não é permitido levar nenhum objeto como câmeras, celulares, etc.
Tem armário gratuito para guardar os pertences e venda de fotos no final do passeio, para os interessados.

visite o site

Vindima (Canela)

A Vindima nada mais é que um período de colheita e celebração.

Acontece de janeiro a março e consiste, basicamente, na colheita e pisa das uvas, além do tour e degustação de vinhos e taboa de frios.

Nós celebramos a Vindima na Vitivinícola Jolimont e vamos contar tudo sobre ela em um post exclusivo. Aguarde!

Custo: 430 reais (2 pessoas)

Cristais de Gramado (Gramado)

Verdadeira imersão no mundo dos cristais. Um passeio guiado que conta um pouco da história da família proprietária do local e da produção dos cristais. Passamos pela área onde as peças são produzidas e tivemos uma aula sobre todo o processo. É bem legal! 

Terminamos o breve tour em uma sala onde acontece a venda dos produtos e, de hora em hora, no final do percurso, tem uma apresentação de música com os copos de cristal. 

É lindo de ver e ouvir! 

visite o site

Castelinho Caracol (Canela)

Castelinho Caracol - Gramado e Canela
Castelinho Caracol

Um dos meus passeios preferidos! É a casa da primeira família que chegou na região. Ainda tem os móveis e peças antigas originais em alguns cômodos. Antes de se mudarem pro castelinho, a família morou em outra casa, mais simples, logo ao lado, que hoje é uma lojinha. 

O Castelinho Caracol possui um café famoso por seu apfelstrudel, receita da família a 5 gerações. 

Curiosidade: ele foi todo construído com sistema de encaixe, ou seja, não foram utilizados pregos ou parafusos em sua construção.

Na área externa tem outras edificações que fazem parte da propriedade, além de um lago e um riozinho que corta o terreno. É um passeio muito gostoso de fazer. 

Vale a pena conhecer.

visite o site

Mátria Parque das Flores (São Francisco de Paula)

O Mátria Parque não fica em Gramado nem em Canela, porém ele precisa estar na sua lista de lugares para conhecer na Serra Gaúcha.

O parque fica a mais ou menos a meia hora das duas cidades, na RS-235.

São 30 jardins maravilhosos, paradas interativas, espaços de contemplação e permanência, sem falar da gastronomia e da arquitetura.

Não estava no nosso roteiro, mas foi um dos nossos passeios preferidos.

Levamos em torno de 3 horas para completar o percurso, com direito a parada para um chope no caminho.

Foi tão legal que, assim como a vindima, vou fazer um post só para ele com todos os detalhes!

Custo: 119 reais

visite o site

O que comer em Gramado e Canela

Não menos importante, a gastronomia de Gramado e Canela também dá seu show.

Desde fondue, café colonial e pizzarias temáticas (os mais famosos e comentados), sobram opções de restaurantes para todo tipo de gosto.

Nós fomos e recomendamos o Duo Cozinha Contemporânea. São diversas opções de pratos que fazem qualquer um salivar. Nós escolhemos o costelão, prato que serve de duas a três pessoas, dependendo do tamanho da fome.

Além disso, temos de elogiar a qualidade do atendimento e a decoração do ambiente, que é super aconchegante e cheio de estilo.

Abaixo, deixamos outras sugestões de pizzarias temáticas e lugares para comer fondue e cafés coloniais:

Fondue

  • Chateau de la Fondue – site
  • Maison de la Fondue – site
  • Le Chalet de la Fondue – site
  • St. Gallen Fondue e Restaurant – site

Dica: alguns restaurantes tem desconto se pagar em espécie.

Café Colonial em Gramado e Canela

Pizzarias temáticas

Outros

  • Alice e o Chapeleiro – site
  • Ferreo Restaurante (Canela) – site
  • Gatzz – site

Dicas para economizar em Gramado e Canela

Gramado e Canela são destinos super turísticos. Apesar de serem conhecidos por seus altos preços, as duas cidades têm atrações para todo tipo de turista e de bolso.

É possível sim economizar na sua viagem, e muito.

Uma das melhores formas é comprar ingressos pelo site Laçador de Ofertas (instagram: @lacadordeofertas ), tanto de atrações como de restaurantes.

Outro site com descontos é o Tche Ofertas.

Escolher um feriado ou tirar férias fora da temporada também pode ser uma estratégia eficiente, pois os preços em geral costumam ser mais baixos.

Por fim, como citei acima, tem diversos passeios gratuitos e incríveis para incluir no seu roteiro.

Uma dica pessoal: nós costumamos comer um café da manhã bem reforçado e pular o almoço. Assim também economizamos uma refeição (além de calorias para poder abusar na janta, rs).

EXTRA: onde comprar vinho, chocolate, azeite de oliva e cachaça em Gramado e Canela

Como esperado, não voltamos para casa de mãos vazias! Compramos vinhos, chocolates, azeite de oliva e cachaça.

Se você pensa em fazer o mesmo, segue nossa lista de recomendação de lugares:

Vinho: Adega Cavicchioni

Chocolate: Prawer, Lugano, Florybal e Caracol

Azeite de oliva: Empório do Azeite

Cachaça: Alambique Flor do Vale

Esses foram os passeios que nós fizemos nos nossos 4 dias em Gramado e Canela. Chegamos em casa com uma listinha pronta de lugares que faltaram conhecer para a próxima viagem!

Se você tiver alguma dica e sugestão, fique a vontade para comentar, adoramos trocar experiências!!


FOLLOW & LIKE

1 Comment

  1. Marilene NF

    Que passeio incrível não é?
    Muito coisa para ver e rever.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial